INSTALAÇÕES DE SUPRIMENTO


 

Energia Elétrica
A energia elétrica utilizada no porto é fornecida pela concessionária do Estado – ENERGISA, antiga Sociedade Anônima do Estado da Paraíba, e de responsabilidade das Docas PB o pagamento do seu uso.
Esta facilidade é fornecida aos navios que atracam nesta empresa, bem como a outros usuários, mediante pagamento sobre o consumo.
Abastecimento de Água
O porto é abastecido de água pela concessionária local estadual – CAGEPA – Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba. Assim como a energia elétrica, esta facilidade é fornecidas aos navios e outros usuários pela DOCAS – PB mediante pagamento sobre o consumo. Mensalmente é feito o monitoramento da água, através de análises físico-químicas e bacteriológicas, onde garante a sua potabilidade, que a torna própria para consumo.
Atualmente existem 03 (três) reservatórios de água com capacidade de 1m3 que abastecem as instalações portuárias, localizados nas dependências da DOCAS PB. Em breve será construído um novo reservatório tipo cisterna de 50.000 litros e outro reservatório aéreo com 100.000 litros, totalizando 150 m3 suprindo assim todas as necessidades desta Companhia. Esta obra servirá para substituir o reservatório que existia na Praça Venâncio Neiva, no Centro do município de Cabedelo, com capacidade para 500 m3.
Drenagem e Esgoto
20130123134818
Este serviço é realizado pela mesma empresa que se responsabiliza pelo abastecimento de água, a CAGEPA. O sistema de drenagem das águas pluviais feitos através de rede subterrânea abrange toda a área portuária, conectando-se as galerias existentes ao longo do cais, e lançando as águas ao mar.
No que tange os resíduos sanitários, o porto dispõe de fossa séptica, pois o município não é dotado de sistema de saneamento básico.
Telecomunicação
O serviço de telecomunicação é contratado diretamente com a operadora de telefonia local, dispondo de ramais de comunicação entre os setores, bem como de tomadas telefônicas ao longo do cais interligadas ao SNT.
Coleta de Resíduos
A coleta de resíduos (lixo) da área administrativa e operacional é feita pela empresa local do município de Cabedelo, de acordo com  a aplicação da coleta em todo o município. Os resíduos das embarcações são coletados de acordo com a Resolução nº 2190 da Antaq (Agência Nacional de Transporte Aquaviários) de 28 de julho de 2011. Esta resolução visa disciplinar a prestação do serviço de retirada dos resíduos das embarcações que atracam nas instalações portuárias brasileiras.
Além da coleta regular realizada pelas empresas competentes, a comunidade portuária, bem como os funcionários do porto, auxilia os órgãos públicos através da coleta seletiva, que entrou em vigor em novembro de 2011, através do projeto desenvolvido pela Antaq, denominado Porto Verde. Este projeto visa a conscientização não apenas da comunidade portuária, mas de toda a comunidade, trabalhando a conscientização ambiental, através de palestras, gincanas em escolas e atividades que valorizem o meio ambiente e a sustentabilidade.