Segunda-feira, 26 de novembro de 2012 às 08:58

Italianos manifestam interesse em investir no ramo da construção civil na Paraíba

 

A Paraíba deverá ser o primeiro mercado internacional para investimentos de um grupo de nove executivos italianos que atua há mais de 20 anos no ramo da construção civil na Província de Pescara, localizada na região de Abruzzo, na Itália central.  Eles foram recepcionados na manhã desta quinta-feira (20), na sede da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), pelo vice-governador Rômulo Gouveia e pela diretora de Operações da companhia, Eriene Rafael de Sousa Suassuna.
 
Rômulo Gouveia lembrou que a Paraíba tem recebido várias missões internacionais, principalmente da Europa e o Governo tem oferecido uma política de incentivos para a concretização de negócios, a fim de gerar mais emprego e renda e proporcionar o desenvolvimento do Estado. “Esperamos que eles possam definir a Paraíba como opção certa para os seus investimentos, pois temos uma excelente infraestrutura com estradas, matriz energética, aeroportos, entre outros”, destacou.
 
A diretora de Operações da Cinep, Eriene Suassuna, adiantou que no encontro a companhia apresentou os atrativos, como a política de incentivos fiscais e locacionais, e acredita que será possível consolidar mais um negócio com a vinda do grupo italiano. “Para isso, o próximo passo é apresentar à companhia um projeto de viabilidade econômica”, informou.
 
O engenheiro civil do grupo, Antonello Bottone, disse que cada membro do grupo tem a sua empresa na Itália, e, juntos, deverão constituir juridicamente uma sociedade reunindo as experiências para atuar na construção de residenciais na Paraíba em parceria com a Coenco. “Não vamos procurar outro Estado, pois buscamos focar o nosso negócio aqui. Queremos agradecer a acolhida e oportunidade do governo e esperamos que nosso programa de investimentos possa dar resultado”, disse.
 
Ele adiantou que no encontro com o cônsul italiano, em novembro do ano passado na capital pernambucana, foi aconselhado a investir na Paraíba, por despontar no cenário econômico com a chegada de novos empreendimentos, principalmente no Litoral Sul.
 
O diretor comercial da empresa paraibana Coenco, George Ramalho, disse que o grupo atua no mercado de construções civis institucionais há 17 anos, e agora pretende iniciar no segmento na área privada com a construção de residenciais. “A acolhida do governo ao novo grupo internacional que chega foi muito importante, pois gerou mais segurança com a receptividade e atenção dispensadas, e isso vai fazer toda a diferença”, lembrou. Ele adiantou que o grupo italiano deverá apresentar o projeto técnico à Cinep nas próximas três semanas.