Docas-PB tenta viabilizar novas operações para o Porto de Cabedelo


A Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB) tem realizado um trabalho intenso no setor comercial com o objetivo de atrair mais parceiros para alavancar as operações no Porto de Cabedelo. Para isso, a diretora presidente, Gilmara Temóteo, se reuniu nesta sexta-feira (6) com o representante da empresa BUN (Bentonit União), Milton Ferreira Junior, para apresentar um pouco do trabalho que está sendo desenvolvido pelo órgão.

Acompanhada do assessor de Planejamento Alessandro Marques e dos servidores do Departamento Comercial, Gabriela Amando e Luciano Galdino, Gilmara apresentou alguns dos projetos que a Docas-PB têm tentado viabilizar, como a construção do Terminal de Múltiplos Usos (TMU), o leilão das áreas arrendadas que vai permitir investimentos na área primária do Porto e a luta junto ao Governo Federal para fazer a dragagem do canal de acesso que vai permitir que navios de até 50 mil toneladas possam atracar no local.

A executiva também destacou que o objetivo da reunião é mostrar que o Porto de Cabedelo é uma opção viável, que o local tem despertado a atenção de empresários por conta da sua localização privilegiada e que o objetivo é que o Porto se consolide como sendo a porta de entrada e saída de produtos no Estado.

O representante da BUN, por sua vez, apresentou o trabalho desenvolvido pela empresa na exploração da bentonita na cidade de Boa Vista, no interior do Estado, onde são produzidas por mês 18 mil toneladas do produto, com operação de 200 contêiners.

Além disso, destacou o importante papel do Porto de Cabedelo em tentar fechar parcerias para viabilizar o aumento na movimentação, assim como beneficiar as empresas do Estado com a diminuição do custo logístico de cada operação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *