Decreto regulariza áreas e vai permitir expansão do Porto de Cabedelo


O decreto do Governo Federal publicado no Diário Oficial da União na última quinta-feira (24) regulariza todas as áreas do Porto de Cabedelo e vai permitir investimentos e expansão do local, gerando emprego e renda e contribuindo para o desenvolvimento econômico da Paraíba.

Segundo a diretora-presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, desde a criação do Porto que essas áreas não foram regularizadas. “O Porto de Cabedelo já foi administrado pela Portobrás e Codern e só agora, com essa gestão, é que conseguimos a regularização desta área, que engloba desde o prédio da administração, zona primária, canal de aceso e até o locais onde os navios atracam. Agradeço ao empenho do governador Ricardo Coutinho neste processo, que vai trazer muitos benefícios para o Estado.

Gilmara destaca ainda o trabalho do deputado federal Wilson Filho, que tem sido a voz deste pleito em Brasília e esteve empenhado a todo momento para a regularização destas áreas junto ao governo federal.

A partir de agora, a Docas-PB junto ao Governo do Estado vão prospectar a ampliação do local a partir de uma parceria público privada. A intenção, segundo ela, é construir dois novos berços com 600 metros de cais  para atracação de navios e um terminal de múltiplos usos (TMU).

“O TMU é um projeto que vai duplicar a infraestrutura portuária do Estado, com uma área de 100 mil metros quadrados, trazendo novas operações para o Estado, a exemplo do transporte de contêineres”, resumiu.

A diretora também destaca o empenho do secretário João Azevedo e dos funcionários do Porto. “Todos os esforços estão sendo necessários para dar andamento para que esse projeto possa sair do papel o quanto antes e que este equipamento possa contribuir cada vez mais com a cadeia econômica do Estado”, salientou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *